sexta-feira, 23 de maio de 2008

O Património Barreirense na estação do Barreiro A

Mais Buracos...

Recebi de um leitor, o importante contributo acerca da "velha" estação do Barreiro A, que sem mais nem menos "foi abaixo" do dia para a noite!

Efectivamente, este espaço é património da REFER. Mas não é menos verdade, que também o é dos Barreirenses.

A REFER e a CMB, dizem ter a mesma postura e preocupação. O que é certo é que nem uns nem outros, agem de acordo com aquilo que defendem!

Da Câmara Municipal, ouve-se de quando em vez, falar de património. Dizem que as parcerias são importantes, e que as relações com as diferentes entidades são de cooperação.

A REFER, diz que quer o património edificado, quer o desactivado é uma preocupação sua..."Independentemente de outras acções em curso, e que resultaram de múltiplos contactos com autarquias, associações (...)".

Ora o que vemos é um total desinteresse destas entidades pelo património. Se outra preocupação não existisse, deveriam ter acautelado todos aqueles paineis de azulejos que na estação do Barreiro A existiam!
E não era dificil,...na CMB existem técnicos altamente qualificados para o fazerem.
Em 2004, na rua António José de Almeida, foram recolhidos inúmeros azulejos de uma habitação que foi demolida!
Não foi difícil nessa altura, como certamente agora também não teria sido...!

Eram passos acertados...
Fiquem bem!

Carlos Duarte


6 comentários:

Ana Rocha - Capikua disse...

Idêntico contributo foi também deixado no meu blogue.

Estou totalmente de acordo quando dizes que seria fácil ter, ao menos, salvo a magnifica azulejaria da antiga estação.

Ainda concordo mais quando dizes que a CMB tem técnicos altamente qualificados na matéria, acrescentando que estão totalmente desaproveitados.

Parece que mais importante que aproveitar o capital humano que já existia, é continuarem na CMB a proliferar assessores "desocupados", que mais não fazem do que enviar e-mails internos de divulgação das actividades culturais promovidas pelo nosso município.

A parte gira é que nem trabalham no referido sector...
De gritos...

Bj

Ana

Carlos Duarte disse...

Assim é Ana, assim é...
Infelizmente...

Anónimo disse...

Quais azulejos?

Aqueles verdes e brancos?

Oh Carlos. Eu conheço-te bem, há muitos anos, e não acredito que aches mesmo que um edifício daqueles tenha alguma coisa a ver com o património ferroviário do Barreiro.

Aquilo era um antro de porcaria e marginalidade. Aliás como muitas outras instalações ferroviárias desactivadas , commo sejam as da ponte do Seixal, das oficinas, da doca e do Clube dos Ferroviários.

Essas sim, deveriam merecer a atenção das forças polícas cá da terra para serem presevadas reconvertidas e úteis à comunidade.

Porém ainda não vi nenhum responsável político local, seja de que força seja, a fazer fosse o que fosse nesse sentido. Essa é que é uma triste realidade.

Por exemplo, acabar com a nojeira que é o barracal na Prai da Torralta e recuperar e reconverter o espaço da antiga doca e do Clube dos Ferroviários, é que seriam boas causas por que valeria a pena lutar.

Só que não vejo nada. Porque será?

Caro Carlos. Menos demagogia e mais acção. E aquilo que se pede ao PS/Barreiro.

Um abraço.

Carlos Duarte disse...

Caro anónimo:
Se me conhece como diz, teria sido mais "simpático" que se tivesse identificado.
Apesar de achar interessante as suas sugestões, parece-me que está a confundir património com questões estratégicas de desenvolvimento.
Eu não defendo que as instalações das antigas estações ferroviárias devam ficar como estão.
Mas também não disse, que devam ser recuperadas desta ou daquela maneira.
O que eu digo e defendo, é que deve ser preservada a memória. E no que diz respeito aos azulejos, estes deveriam ter sido recuperados e tratados. Como sabe, na CMB existem as reservas museológicas...
Gostaria de finalizar, dizendo também que me parece equivocado com o facto de confundir este meu blog pessoal com o partido socialista!
Eu sou responsável pelo que escrevo e digo. Confundir "alhos com bogalhos", parece-me um pouco redutor. Se tem algo a pedir ao PS/Barreiro ou á sua direcção, não é concerteza este o forum próprio!
Um abraço
Carlos Duarte

Anónimo disse...

Conheço-te mesmo há muito. Para aí há 31/32 anos. Éramos nós catraios. Um dia serei "simpático" para ti.

Entretanto peço desculpa. Este blog é de facto teu. Perdoa-me o lapso.

Mas continuo a dizer que há muito mais no Barreiro para onde dirigir as nossas energias. E sobretudo por onde "preservar a nossa memória".

Fica bem.

Carlos Duarte disse...

Caro amigo anónimo:
Deixo aqui um abraço, e volta sempre com os contributos que entenderes.
Fica bem.
Carlos Duarte